Inadimplência no pagamento condominial é a menor desde 2004 em SP

Taxa de atrasos de aluguéis comerciais também caiu

O índice médio de inadimplência nos pagamentos condominiais no estado de São Paulo foi de 2,11% no terceiro trimestre do ano (julho, agosto e setembro), o menor resultado para um período de três meses desde o início da medição, em 2004. Os dados, divulgados hoje (28), são da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios do Estado de São Paulo (AABIC). A entidade considera inadimplência o atraso no pagamento dos boletos condominiais por pelo menos 90 dias consecutivos. 

“A pandemia fez com que os condôminos valorizassem ainda mais o local onde vivem e os serviços prestados. Se o Brasil passar os próximos meses sem sustos e crise econômica, podemos projetar um cenário de estabilidade na taxa de inadimplência”, destacou o presidente da AABIC, Graiche Júnior.

Já o índice que mede a taxa de atrasos em pagamentos de aluguéis em imóveis comerciais e residenciais registrou percentual médio de 1,88% no terceiro trimestre do ano. O número representa o menor percentual de inadimplência para o período de três meses de medição desde o primeiro trimestre de 2020, que estava em 1,32%.

“A queda da inadimplência na locação de imóveis para o patamar próximo ao índice pré-pandêmico sinaliza um equilíbrio no mercado e tendência de queda, sobretudo com a retomada das atividades econômicas conforme o avanço da vacinação”, ressaltou Graiche Júnior.

Edição: Aline Leal

Fonte

Publicações Relacionadas

Condomínios economizam até 10% com salários Se boa parte dos moradores de condomínios não dá a mínima importância às assembleias até que se deparam com um...
eSocial lança nova Central de Atendimento para orientar empregadores: 0800 730 0888 O eSocial disponibilizou para todos os empregadores, inclusive os domésticos, a Central de Atendimento 0800 730 0888. Esse número aceitará ligações...
Quais os riscos da Conta Pool? Atualmente, muitos condomínios utilizam a chamada Conta Pool para as suas movimentações financeiras, há administradoras que só trabalham nesse modelo....

Quer receber todas as novidades da MB7?

Assine nossa news e receba diretamente no seu email.




Deixar um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.